Histórico

Com o objetivo de articular e integrar o Sistema Nacional de Educação Superior, o Ministério da Educação – MEC lança em 2005 o primeiro Edital para que as IES federais pudessem ofertar cursos, programas e projetos de ampliação e interiorização do ensino superior público no Brasil na modalidade a distância. A UESPI participa desse edital como Instituição parceira da Universidade Federal do Piauí – UFPI, ofertando o Curso de Bacharelado em Administração, o primeiro curso público á distância. Desde então, até os dias de hoje, participa da execução do curso Piloto de Graduação de Administração, em parceria com o Banco do Brasil. Naquela oportunidade foram ofertadas 500 vagas distribuídas nos seguintes polos: Parnaíba, Piripiri, Esperantina, Picos, Floriano, Bom Jesus, São Raimundo Nonato, Corrente e Teresina.
 
Com a experiência adquirida na parceria com a UFPI, a UESPI participa, em 2008, do edital lançado pelo MEC e conquista o direito de planejar, estruturar e executar cursos na modalidade a distância. Com o credenciamento aprovado junto ao MEC, esta IES participou do segundo Edital da UAB propondo o curso de Licenciatura em Letras/Espanhol, a ser ofertado, inicialmente, nos polos de: Campo Maior, Oeiras, Picos, Piripiri, Bom Jesus, Corrente, União e Valença. Assim, a UESPI/UAB, através do convênio nº 826014/2008, realiza, em novembro de 2008, o Primeiro Vestibular.
 
Atualmente, a UESPI está autorizada a ofertar os Cursos do Programa Nacional de Formação de Administradores Públicos – PNAP, Bacharelado em Administração Pública, para os municípios de Campo Maior, Corrente, Oeiras e Piripiri. O Concurso Vestibular 2010, a UESPI ofertou vagas na modalidade a distância para quatro novos cursos a serem iniciados no período 2010/2, a saber: as Licenciaturas em Letras Português, Inglês, Pedagogia e Biologia. Ainda em 2010, o Conselho Universitário aprovou o Regimento Interno  e instituiu o Núcleo de Educação a Distância da UESPI, disciplinando seu funcionamento e criando a estrutura organizacional necessária ao seu pleno funcionamento, por meio da Resolução Consun Nº 009/10, de 21 de junho do referido ano.

 

Voltar para Home